Seguidoures

terça-feira, 15 de março de 2011

Japão




Quando comecei a ver as imagens e vídeos que retratavam a catástrofe no Japão, fiquei muito triste: é uma cultura pela qual eu tenho tremenda admiração como disse aqui e que representa em si mesmo muito do que devemos aprender sobre superação.
Minha melhor amiga é filha de japoneses e foi tudo muito tumultuado nos dias seguintes atrás de informações sobre os parentes, por sorte todos bem, mas as imagens que vemos na tv de gente procurando comida, abrigo,é algo inimaginável até certo tempo atrás para um país desenvolvido como o Japão.
O grande tsunami do dia 11 foi um golpe muito maior do que qualquer nação poderia suportar e o Japão, apesar de tudo, está dando uma lição ao mundo sobre organização e civilidade. Li agora a pouco que muita gente está tentando sair de Tóquio com medo da radiação já que a situação das usinas ainda é desconhecida. É triste. Talvez mais, porque poucos países sofreram no mundo como o Japão e sofrer exatamente isso, seria uma maldosa ironia do destino.
O preparo e a calma japonesa contribuiram muito para que essa tragédia não fosse ainda pior, ficam nossas preces e meu desejo sincero de que assim como eu escrevi e o Japão sempre mostrou, que eles dêem a volta por cima e continue servindo de exemplo de superação. Mais uma vez.

5 comentários:

  1. Sim, sim, sim... Torçamos pra que sejam ainda mais fortes do que já nos provaram tantas e tantas vezes...

    ResponderExcluir
  2. O Japão dará mais uma vez um exemplo de superação.
    Que nossas preces sejam ouvidas!

    Beijos amoreco

    ResponderExcluir
  3. além de tudo isso, eles conseguem ser organizados: andar em filas, por exemplo, pra receber donativos ou fazer comprar e respeitam o limite que cada um tem para comprar o que é racionado. enfim, eles estão sendo mestres em saber como sair disso tudo. e não duvidam que nao o façam, afinal de contas, a segunda guerra foi uma amostra do quanto eles são guerreiros.

    ResponderExcluir
  4. Vi outro dia que uma equipe de reportagem esqueceu a carteira com U$$ 700 e voltou ao abrigo de onde partira. A carterira estava lá intacta, apesar de faltar tudo aos desabrigados. Incrível.
    P.S. Doido pra saber como foi o encontro do Diversidade por aí

    ResponderExcluir
  5. Que fofo!Meus amigos do Brasil ficaram desesperados por notícias.Moro bem longe daquela regiao.Fiquei tao chocado com as cenas da tv q fui dormir.Abraços.

    ResponderExcluir