Seguidoures

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

BERENICE

Gente de fora visitando a cidade, casa de best friend, sábado a noite.

Você, ex puta, ex mercenária de bordel, ex mulher de traficante, ex mais-sei-lá-o quê, batizada, convertida, resolve participar da confraternização afim de iluminar a cabeça desse povo ôco.
Deixa seus compromissos de mulher casada e vai junto com outros best friend, best biscathy, best best, entre outros.
Você, bebendo água e refrigerante. Lhe vem alguém com um copo transparente que você vira. Mas não era água, e depois de você fazer a Tucuruvi-Jabaquara em 5 segundos, vê que aquilo podia ser veja, baygon verde, soda, TUDO. Menos água.




Você, temente na fé, vai buscar na sua bolsa a palavra cruzada e ela misteriosamente não está. Daí, sua colléague fideputa , te vê em apuros e te oferece uma Coca, afim de lhe fazer pôr de novo os pés no chão. Você, desesperada, vira tudo. Não era coca. Aliás, era coca com qualquer outra coisa dentro.
Me senti Shakira.

Berenice, segura: nós vamos bater!

A partir daí foram pessoas se pegando, abusos, e eu, uma dama incólume da sociedade em desespero... Tudo começava a girar. Avistei câmeras que até hoje não sei se gravaram ou não estes momentos maléficos para destruir minha imagem junto a sociedade brasileira.
Até que avistei um anjo que me tirou daquele lugar de promiscuidade. Agora, pensarei duas vezes antes de aceitar convites para lugares e festas inóspitas.

Nada mais me lembro.

Se eu ver algum material circulando, usarei de toda a minha educação. óbvio:





segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Quando teu passado te condena

O lado ruim de ser uma dama vivida rodada é que as pessoas (leia-se suas 'amigas') desenvolvem o PÉSSIMO hábito de fazer uma sessão Vale a Pena Ver de Novo das suas experiências, basicamente aquelas das quais você não quer se lembrar. De preferénce em grandes eventos, apresentações e na frente de pessoas que você jamais gostaria de passar um vexame.
Daí, sempre haverá aquela 'amiga' presunçosa invejosa, vadia, biscate, requenguela, rampêra de uma figa que no momento de maior destaque da sua conversa, ela sendo feia, óbvio vai tratar de puxar um podre seu pra ofuscar sua beleza.
Ou então você vai sentir essa vibe que rolou no meu face essa semana:

Aí Brasil, quando você vive sendo xoxada pelo seu passado você pode ter uma conversa amigável com as raparigas as colléagues ou simplesmente pode partir pra cima delas e acabar com a vida das vagabundas porque biscatchy tem mesmo é que ser acertada na porrada. Beijas.

NO ESTOY CATOLICA HOY. BESOS.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Dando PT

Colléagues, voces sabem que eu estou numa chupassao loucura danada, sendo mãe de dois filhos, grávida de outro, vida de dona de casa... enfim, tenho andado com a xoxota na nuca. But, passei no Edu hoy e li que tentaram levar o Betinho embora, Edu como bom psicopata preferiu que o invés de fazer o que fizeram que tivessem feito ISSO:



Achei válido.

E eu vou lá porque estou cheia dessa cidade.
Como diria Sheila, do Terça Insana: "Essa cidade é um verdadeiro matadouro para uma pessoa fina, quem pode usar um casaco de pele aqui?" Né Brasil?

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Chega Brasil!


Chega, são duas semanas de mudança de escritório, provas da faculdade, casamentos, festas, chupação e eu de fato estou ficando LOCA com a diferença que não sou a Shakira.

GOD ARREBATA-ME JÁ FIZ TUDO QUE TINHA DE FAZER NESSA PALHAÇADA! BEIJOS.

domingo, 2 de outubro de 2011

Choque de Realidade

Tanta coisa no mundo real acontecendo...


...e tem gente por aí que só se importa com o que vai rolar no The Society/TW/Sonique da vida nesse final de semana.

Jesus, arrebata-me mas não me torne mais um desses imbecis, amém!