Seguidoures

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Menstruação.

Saudade de escrever alguma coisa útil nesse blog.
Besteira também cansa a gente amigas. Sério.

Aliás, eu começo a desconfiar que tenho algum gene bobificante pra conseguir pensar em tanta merda.
As vezes me sinto uma Itaipú jorrando merda intelectual para o mundo.
Nessa voces pensam, como assim?


Hensel tem sido minha irmã-mor-mestra-blaster aqui em Sampa.

Se eu peido, ele sabe.
Se eu cago, ele sabe.
Se eu fico com a xoxota-na-nuca por alguma coisa, ele sabe.
Se eu fico completamenteputa por algum boy, ele também sabe.


Aí nos dois, estavamos de noite num up-date:

Exemplo: Estávamos nós falando de um assunto super sério (nova coleção da D&G, exemplo) quando do nada, repetindo, absoiltutamente do nada eu peido em alto som a ligação é interrompida por:


SAM: 23h20 (em voz de locutor)
Hensel: Repita!
SAM: 23h20.
(momento jornal da manhã Jovem Pan)


Mas isso é absolutamente insignificante, mediante as HOMÉRICAS bobagens proferidas ao telefone como:


SAM: Menino, as vezes eu fico bege das coisas que falamos, voce sabe que somos irmãos né?
Hensel: Nem me diga.
SAM: Pois é, somos tão irmãs que você sabe até o dia da minha menstruação.

(silêncio)

(risadas altas dos dois lados)

Hensel: Quer dizer que sei tua tabelinha de cór?
SAM: Exatamente, tabelinha o caralho, que sou phyna, recebo SMS toda vez que ela vem.
Hensel: Medo.
SAM: Medo não. É gramu.
Hensel: Sempre com gramú né?
SAM: Forever.

2 comentários:

  1. Sam... tu não presta!
    e é por isso que a gente te adora horrores
    uhauahauhauhauahua
    ei, to pensando em ir em sampa em breve
    marca na agendinha, heim!

    ResponderExcluir
  2. hahaha... ameegos são tudo... tenho alguns... poucos... mas tenho... e amo-os...

    ***

    ResponderExcluir